segunda-feira, 8 de dezembro de 2014

RESPINGOS DE PRATA XXX

Se um dia sentires medo do mar revolto,
Volta ao porto e espera os teu receios
se acalmarem.
Espera que os ventos se aquietem
e acariciem o teu corpo.
Deixa que eles beijem o teu rosto
para que se façam entender.
Que falem baixinho ao teu ouvido
as maravilhas das navegadas, sem fim.

quinta-feira, 4 de dezembro de 2014

RESPINGOS DE PRATA XXIX

"Ria muitas vezes e muito alto.
E se você tiver um amigo que
o faça rir, passe muito tempo
com ele/ela.
Quando lágrimas aparecerem,
aguente, sofra, supere-as.
A única pessoa que fica conosco,
somos nós mesmos.
Viva enquanto estiver vivo/viva!"

terça-feira, 2 de dezembro de 2014